Índia: setor de componentes prospecta mercados


 

Lacunas ainda existentes no mercado calçadista indiano, como moldes para sapatos e solados, palmilhas, tacos para calçados femininos e produtos químicos para acabamento do couro, chamaram a atenção do setor brasileiro de componentes.

Para prospectar esse nicho de mercado, a Associação Brasileira de Empresas de Componentes para Couros, Calçados e Artefatos (Assintecal) e a Corium Química ( Novo Hamburgo/RS) participarão da 28ª IILF - Índia International Leather Fair, em Chennai, na Índia.

QUANDO - A feira, que acontecerá de 1 a 3 de fevereiro, contará com mais de 400 expositores e deve receber mais de 12 mil visitantes de diversos países, entre eles China, França, Alemanha, Irã, Itália, Japão, África do Sul, Espanha e Estados Unidos.

Em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), a Assintecal estará na feira em um espaço de 36 metros quadrados, sendo nove metros quadrados institucionais e restante da área destinado à parte comercial – espaço dividido em três estandes.

A participação brasileira, conforme projeções da entidade, deve render um volume de negócios de US$ 150 mil, cifras que devem chegar a US$ 1 milhão nos 12 meses seguintes. Aproveitando a ida à India, a superintendente da Assintecal, Ilse Guimarães, fará também visitas técnicas a empresas locais com o objetivo d prospectar contatos para os associados da entidade.

A IILF, reconhecida pela indústria e comércio não somente na Índia como em mercados internacionais, apresenta as últimas tendências do setor coureiro-calçadista. Na lista da exposição de produtos estão desde matérias-primas até produtos acabados e produtos auxiliares como couro acabado, componentes para calçados – cabedais, solas, saltos, contrafortes, formas, vestuário de couro, acessórios, artigos de couro, etc. A feira, promovida pela India Trade Promotion Organisation, também é uma plataforma para pesquisas e desenvolvimento.

SAIBA MAIS - Chennai, Nova Délhi, Agra e Kampur são regiões onde a produção do calçado tem mais evidência, e volume de produção atinge cerca de 3 milhões de pares/ano. O setor emprega cerca de 2,5 milhões de pessoas, normalmente, em pequenos estabelecimentos.

O setor indiano de componentes para calçados vem registrando avanços tecnológicos nos últimos cinco anos, atraindo novos investimentos em tecnologia. No entanto, ainda tem um longo caminho a andar no aspecto qualidade.

Copyright © 2014 Exclusivo On Line. All rights reserved